• Grey Instagram Ícone
  • Facebook Social Icon
  • gmail
  • Google ícone social Places

O que é Xamanismo e como praticá-lo?

 

O Xamanismo é um dos 3 pilares espirituais e filosóficos centrais da Aldeia Estrela Azul do Oriente, dirigida por Agnideva Simha e Ma Iha Deva.

 

Etimologicamente, Xamanismo é o nome dado para um conjunto de práticas ritualísticas de diferentes povos ao redor do mundo, desde a antiguidade até os dias de hoje. O termo, por si mesmo, não define um rito ou povo exclusivo. Ao contrário, o termo Xamanismo surgiu primeiramente entre os antropólogos ao estudarem práticas ritualísticas do povo siberiano Evenki, dentre os quais o líder religioso é chamado de Saman.

 

Com o tempo, a palavra Xamã, oriunda do termo Saman, passou a ser utilizada para indicar líderes espirituais de povos que seguem e praticam ritos naturalistas definidos coletivamente como “Xamanismo”, líderes esses devidamente reconhecidos como tais pelos seus povos.

 

Xamanismo, portanto, são práticas espirituais naturalistas presentes nas vidas tanto dos Evenki siberianos quanto dos Lakotas norte-americanos, dos índios brasileiros, dos antigos Celtas, Druidas e Vikings, do Tantrismo Hindu, nas práticas das tribos africanas, Kahunas havaianos e no xamanismo nepalense, para citarmos apenas alguns.

 

Embora cada povo tenha suas características, cosmogonia e ritos próprios, em comum todos eles reconhecem e compreendem a existência do Divino manifestado na natureza, um Divino que cria e experimenta da própria criação, de modo que toda a natureza e todos os seres dos reinos vegetais, animais e minerais que fazem parte dela são reconhecidos e honrados como uma força maior, estando todos os seres conectados por filamentos energéticos (conhecida como a Teia da Vida).

 

São povos conscientes da natureza medicinal do todo, no sentido de que sempre temos algo a curar e reequilibrar, seja emocionalmente, mentalmente, fisicamente ou espiritualmente, e de que todos os elementos e componentes da natureza, inclusive nós, seres humanos, possuem enorme potencial de cura.

 

Ainda, esses povos reconhecem a existência de milhares de frequências, realidades, planos e dimensões (o Sistema Multidimensional), interconectadas entre si.

 

Guiados pelo Xamã, buscam atingir o estado de êxtase, por meio de processos de ampliação de consciência, processos esses que podem ser atingidos por diferentes formas, como danças, cantos, tambores e outros instrumentos musicais, ingestão de chás elaborados a partir de plantas ou cogumelos enteógenos, meditação, elevação da Kundalini, jejuns, queima de aromas específicos, etc.

 

No estado de êxtase, com a consciência expandida, o praticante do Xamanismo atinge outras realidades multidimensionais para encontrar respostas, curas para os próprios males ou de outros, soluções para seus problemas, direcionamento, etc.

 

É comum que nestas jornadas às outras dimensões o praticante do Xamanismo obtenha auxílio de seus aliados de poder ou totens pessoais, sendo que os mais comuns são os Animais de Poder, as Plantas de Poder, Pedras de Poder, Mestres Espirituais, Espíritos Guias, Elementais e Seres Interdimensionais, sem falar de manifestações distintas ou superiores do próprio eu (como os nossos diferentes Avatares, o Eu Matriz e o Eu Superior).

 

A conexão desses povos com o todo, com a Mãe Terra, com o Céu, o Sol e a Lua, com as chuvas, rios, matas e todos os elementos e ciclos da natureza faz com que eles vivam de forma harmônica consigo mesmos e com o Todo, conscientes de suas funções na Teia da Vida e de suas Missões de Alma.

 

Atualmente, também é chamado de Xamanismo, ou Neo Xamanismo, Xamanismo Urbano ou Xamanismo Universal, a prática, por determinados grupos, como na Aldeia, de ritos e ferramentas oriundas e/ou inspiradas em um ou mais povos xamânicas, com o objetivo de trazer às pessoas que vivem em ambientes urbanos um resgate de sua relação com a natureza e com todos os seres, harmonizando-as com os ciclos e elementos naturais, o que termina por impactar de forma forte, positiva, rápida e surpreendente a vida das pessoas.

 

É sabido que em mundos e dimensões evoluídas as práticas “xamânicas” são a base da espiritualidade dos povos que os habitam. Não estamos aqui e neste momento falando da presença ou da ausência de sistemas religiosos nesses mundos e dimensões, mas sim de que as práticas e conexões “xamânicas”, nesses mundos, antecede e tem precedência ante qualquer sistema religioso que eles possam praticar.

 

Afinal de contas, seres evoluídos reconhecem a existência da Fonte Criadora em si mesmos e em todos os seres da natureza, razão pela qual a deferência pela natureza que lhes serve de casa, de nutridora, de abrigo e de mantenedora, bem como a conexão com todos os seres e o bem estar coletivo são mais importantes e anteriores a qualquer manifestação religiosa, no sentido puro da palavra.

 

Não é sem razão que o Universo, a partir de aproximadamente 2008 e, de forma mais acentuada, a partir de 2014, têm promovido um chamado para que tantas pessoas se aproximem de grupos que estudam e realizam práticas xamânicas.

 

O apelo decorre da necessidade dos seres humanos despertarem e se reempoderarem de seus Verdadeiros Eus, sendo capazes de cumprir as missões que os trouxeram até a Terra neste momento da Transição Planetária, para cooperarem na ancoragem e uma nova consciência para todo o planeta.

 

Na Aldeia Estrela Azul do Oriente, o Xamanismo possui papel destacado na nossa filosofia e seus conceitos influenciam todas as linhas de trabalhos, assim como na forma com a qual os Aldeões se relacionam entre si e com os Buscadores que chegam até a Aldeia, com respeito, familiaridade, amorosidade e reverência ao Ser Divino que todos somos.

 

As maiores influências do Xamanismo Universalista praticado na Aldeia vêm dos índios Lakotas e brasileiros, dos povos Celtas, Druidas e Vikings da Europa, dos africanos e dos hindus.

 

Para conhecer mais sobre o Xamanismo, se aprofundar nos estudos e/ou participar dos rituais, vivências e práticas promovidos por Agnideva

Simha, você pode entrar em contato pelo e-mail agnidevasimha@gmail.com ou pelo Whatsapp (11) 99155-1574.

 

Mitakuye Oyasin!

(Por Todas As Nossas Relações!)

 

#Xamanismo #XamanismoUniversal #RodasXamânicas #Ayahuasca #Jurema #Sananga #Tabaco #Rapé #Mestres